sexta-feira, 13 de junho de 2008

O amor é gêmeo ou é a fechadura da sua chave?

Afinal, qual o modelo do amor verdadeiro?

A alma gêmea é aquela pessoa ímpar, você pensa, ele já fez, pelo menos três vezes. O outro é metade da laranja, você pensa A, ele pensa B e no final sempre sai um AB bonitinho.

A alma gêmea do esportistão está naquela que também adora o “visu” do começo da manhã da Beiramar praquela corridinha básica de domingo. O guarda-roupas dela é quase todo com as três listrinhas, também. E eles não se cansam de discutir qual o melhor tênis pras suas trilhas malucas. Já a metade da laranja dele nunca foi muito fã de esforços físicos, ia pra academia - forçada e só em épocas que ela estava realmente inspirada - só pra não ficar tão feia na foto, ou melhor, no biquíni. Pra ela o supino era pro bíceps, e o bíceps era nas costas, e pras costas ela só gostava de massagem. No fim das contas ela não vira uma atleta de primeira, mas já começa a ensaiar umas caminhadinhas, com ele no fim do dia – já que exercício é sempre bom, pra todo mundo.

A alma gêmea do esquentadinho também é uma panelinha de pressão. Ela não cutuca ele, ele não cutuca ela, porque sabem que se não dosarem certinho a água é explosão na certa, e assim tudo corre bem. Já a metade da laranja dele vem acompanhada por altas doses de paciência, que ao longo do tempo vai passando por osmose de um pro outro e quando já se viu ele já não está mais xingando a terceira geração do camarada que o fechou no trânsito.

O seu gêmeo também gosta de lasanha de presunto e queijo e prefere café puro do que com leite. Ele também adora rock britânico e quer ter dois filhos com nomes bíblicos. Enquanto isso o seu chinelo velho para o seu pé cansado vai te mostrar que ouvir uma bossa nova também pode ser agradável e você vai fazê-lo ver que também existe graça num shopping center, ou pelo menos sempre tem uma boa cafeteria pra ele te esperar – feliz – escolher se vai ser o scarpin preto básico ou sandália super da moda. E vai começar a achar aquela sua desfiladinha básica no meio da loja, super casalzinho!

A amor gêmeo é você, num outro formato. O outro te torna uma edição melhorada. O "the end" é igual, feliz!


A verdade é relativa. Escolha a que mais lhe agradar.

Qual é a sua verdade do amor?

Um comentário:

kArL pHiLLip disse...

Já eu .. prefiro vergamotas :)