segunda-feira, 25 de agosto de 2008

Te quiero com limón Buenos Aires!

Eu sou argentina e não sabia. Na verdade soube assim que pisei pela primeira vez na capital gringa e apenas confirmei esses dias. E nem adianta neguinho vir encher meu saco. O azul e branco está no meu sangue. Agora só nascendo de novo.


E se eu pudesse dar só uma dica sobre o futuro, seria esta: vá a Buenos Aires. Buenos Aires é chique demais.


Lá os homens andam de terno, sempre! Verão, inverno, nevando ou fritando, estão eles lá, belos e formosos em ternos impecáveis. Tudo bem que cerca de 20% deles não sabe escolher a gravata mais adequada, mas ainda sim são muito melhores que a porcentagem de 95% da população brasileira que também não sabe.


Nos estabelecimentos eles não cobram 10% e além de tudo, quando faltam em algo ou algo estava ruim, eles te dão cortesias. Aqui você ouve um “Realmente o chopp está quente, mas é porque é a nossa cerveja que está gelada. Não posso trocar, senão vais ter que pagar os dois” e ainda tem que dar gorjeta? Pelamor...


Café e vinho. Café de dia e vinho de noite. Quer melhor? Chiquetérrimo!


Tango até no meio da rua! Não existe dança mais envolvente e apaixonante que o tango. Além de ser extremante sensual. E o amor com que as pessoas dançam e tocam é lindo de se ver. Chique de doer!


O amor em espanhol é mais intenso. Sinta a diferença:


Acaricia mi ensueño
el suave murmullo
de tu suspirar.
Como ríe la vida
si tus ojos negros
me quieren mirar.
Y si es mío el amparo
de tu risa leve
que es como un cantar,
ella aquieta mi herida,
todo, todo se olvida.



E:


If I had one wish, we would be best friends
Lovin' never end,
It would just begin.
If I had one wish, you would be my boo,
Promise to love you,
Trust me I'll trust you.




No primeiro o coração, alma e o sangue estão cantando. No segundo é cantiga de roda, podem até cantar mas quase não prestam atenção. Ponto pra Argentina!




Sem mais, estou me mudando para Buenos Aires. Tem lugar no carro, quem topa?

Nenhum comentário: